Famílias aproveitam último final de semana das férias escolares em Mosqueiro

Da Redação - Agência Belém de Notícias - 31/07/2017 18:21

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    Veranistas aproveitaram cada metro de praia durante todo o mês de julho em Mosqueiro

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    Pulseiras de identificação foram distribuídas pela Defesa Civil Municipal para crianças

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    O cantor Eloy Iglesias comandou a Parada Gay de cima do trio elétrico

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    Durante todo o período de veraneio, homens da Guarda Municipal reforçaram a segurança na ilha

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    Agentes da Semob organizaram o trânsito e a saída dos ônibus que fizeram viagens com intervalos de 10 minutos

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    As viagens extras agilizaram a partida dos veranistas

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    Posto da Defesa Civil serviu de referência para famílias buscarem serviços na praia do Chapeu Virado

  • / Veraneio / 31/07/2017 18:21

    A criançada aproveitou a água e a areia para se divertir no último domingo de Mosqueiro


O último final de semana de julho movimentou as principais praias de Mosqueiro e a família do autônomo Alessandro Melo escolheu a do Chapéu Virado para desfrutar o domingo, 30. “Chegamos no sábado, queríamos aproveitar todo o domingo. Estamos em vinte e cinco pessoas. Vieram tios, irmãos, filhas, sobrinhos, cunhadas”, contou. Apesar da descontração do grupo, o autônomo ficou atento às orientações de segurança e tratou logo de colocar pulseira de identificação na filha Maryna Melo, de três anos. “É importante ter esse cuidado, criança é travessa. Quando chegamos na praia, fui até a barraca da Defesa Civil, para colocar a pulseira nela. Caso aconteça alguma coisa, tem o nome dela e o meu telefone na pulseira”, destacou.

A Defesa Civil do Município de Belém montou base na Praia do Chapéu Virado, durante o mês de julho para fazer um trabalho preventivo com crianças, ofertando pulseiras de identificação, além de atendimentos de primeiros socorros, explicou o coordenador da Defesa Civil de Belém, Yan Miranda. “O trabalho foi integrado com o Corpo de Bombeiros, dando suporte nos atendimentos pré-hospitalar e identificando crianças menores de dez anos.  Nesse mês de julho, atingimos dois mil e quinhentos atendimentos”, informou.

De acordo com o agente distrital de Mosqueiro, Benedito Cavallero, o balanço do verão 2017 em Mosqueiro foi considerado positivo. “Recebemos inúmeros turistas durante o mês de julho e oferecemos várias opções de lazer como shows no coreto da Praça Matriz, atividades físicas como ginástica, hidroginástica, tudo para animar os moradores e visitantes”.

A Guarda Municipal de Belém destacou mais de 80 agentes para reforçar a segurança na ilha e colaborou com as atividades da Secretaria Municipal  de Economia (Secon), que atuou no ordenamento do comércio informal nas praias, praças e orlas, além de fiscalizar as feiras, mercados e tapiocarias do distrito.

Parada Gay - o encerramento da programação de verão em Mosqueiro foi com a 10º Parada LGBT, neste domingo, 30. A organização do evento estimou a participação de mais de 50 mil pessoas pela defesa do tema “Verão sem LGBTfobia - Amar é um direito de todos”.

A transformista Jéssica Morgana caprichou no figurino. “Estou de mamãe smurf, quero brilhar mais que o sol, hoje”, brincou. “Estamos aqui não só para fazer festa, mas também para reivindicar nossos direitos. A brincadeira e a festa, não desqualificam nossa reivindicação, mas aproxima outras pessoas, principalmente, aquelas que não fazem parte do movimento”, explicou.

Sempre presente na luta contra o preconceito, o cantor Elói Iglesias comandou a festa de cima do trio elétrico. “A ideia de discutir o direito para todos é o primordial da parada", fez questão de esclarecer.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) ordenou o trânsito no trajeto do trio elétrico e a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) distribuiu mais de 14 mil preservativos, além de informativos com orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis

De férias na ilha, a dona de casa Michele Viana, se divertiu atrás do trio elétrico. “Estou com a minha neta no colo, mostro para ela que vivemos em um pais democrático, onde devemos respeitar as escolhas dos outros. A minha neta, minha filha e todos de dentro da minha casa, são orientados a aceitar as pessoas como elas são, o respeito começa dentro de casa”, disse enquanto brincava com a multidão.

Segundo Bruno Gomes, coordenador da parada LGBT, a expectativa do evento era, “além de levar informação sobre o movimento, queríamos levar diversão e conseguimos.

Retorno – Para garantir mais rapidez e conforto no retorno para a capital, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), aumentou a frota de ônibus de Mosqueiro para Belém. No domingo, trinta e cinco veículos a mais fizeram o trajeto, saindo de dez em dez minutos do final da linha. Já nesta segunda, 16 veículos a mais estão disponibilizados. O eletricista de veículos, José Nazareno, não encontrou dificuldades para retornar para Belém, no final da tarde de domingo. “Acabei de chegar, a fila não está tão grande, os ônibus estão saindo rápido. Acho que vou chegar em casa, antes do esperado”, comemorou.

O cobrador, Paulo Queiroz, estava com o filho pequeno no colo e optou por viajar sentado. “Como estou com criança pequena, prefiro ir sentado. Como tem gente organizando as entradas nos ônibus e eles estão saindo rápido, acredito que não vai demorar”.

Texto: Victor Miranda
Foto: Fernando Sette - Comus
Coordenadoria de Comunicação Social (COMUS)