Convidados do Varanda de Fafá ajudam a divulgar as belezas do Pará


Convidados do Varanda de Fafá ajudam a divulgar as belezas do Pará

Está bem variado o estilo

de convidados da oitava edição

da “Varanda da Fafá”. As

atrações deste ano são o cantor

Fagner, Mariene de Castro,

repórteres da rede Globo, digital

influencer e vários outros

participantes. Além de terem

a oportunidade de viver as

emoções da procissão, vão

conhecer a cultura, as peculiaridades

do Estado e depois

divulgar tudo isso lá fora.

Ontem de manhã, a cantora

e organizadora do projeto,

Fafá de Belém, concedeu entrevista

coletiva para falar dos

preparativos da recepção. Fafá

disse que o projeto começou

a ser idealizado há dez anos,

mas há oito começou a ser colocado

em prática.

Este ano, será mostrado

de forma mais intensa o laço

entre Portugal e Belém,

já que a cantora foi nomeada

Embaixadora “Laços Belém

- Portugal” pela Prefeitura

Municipal de Belém. A programação

terá exposição das

fotográfas paraenses Walda

Marques, Tereza Maciel e

Nayara Jinkings mostrando o

olhar feminino da procissão.

Rubão ficará encarregado do

cardápio e da exposição de

serviços e produtos.

A programação começa na

sexta-feira com um sarau onde

Fafá e artistas locais se apresentam

em clima intimista no Hotel

Atrium Quinta das Pedras.

No sábado de manhã, a cantora

e seus convidados seguem o

Círio Fluvial em um barco especialmente

preparado para a

procissão. No sábado à noite e

domingo de manhã, na Estação

Fafá recebe convidados famosos para conhecer potencial turístico do Estado

das Docas, Fafá recebe os convidados

com uma estrutura recheada

de ações, personagens e

peculiaridades do Pará.

A varanda também contará

com a presença dos idosos

do Pão de Santo Antônio, amparados

pelo projeto “Varanda

Social”.

Fafá lembra diz que a cada

edição do varanda existem

obstáculos, dificuldades, mas

também apoios, os quais são

essenciais para o acontecimento.

“A coisa mais fantástica que

acho de tudo isso é a forma como

o povo paraense enxerga a

Varanda. Pois o objetivo é de

mostrar para quem vem de fora

a fé do paraense, que é uma

fé feliz e livre”, disse Fafá.

COBRANÇA

Desde quando saiu de Belém,

a cantora revelou que

sentiu uma forte cobrança em

virtude da falta de divulgação

da procissão na imprensa nacional.

Diante disso, começou

a pensar em estratégias e resolveu

criar esse ambiente

onde pudesse reunir pessoas

de fora como personalidades

e criadores paraenses como

forma de intercâmbio.

Ela entende a troca como

fator importante não apenas

para a divulgação do estado,

mas também para movimentação

da economia. E citou

o caso do arquiteto Marcelo

Rosenbaum, que participou

da primeira Varanda e aqui

ele estabeleceu contato com

paraenses, que resultou em

premiação internacional.

“É justamente isso que

queremos. Levar nossos

produtos e nossa arte para o

mundo. Nós temos uma cultura

muito própria e isso me

deixa muito feliz”.

Essa edição, a Varanda de

Nazaré é apresentada pelo

Bradesco e tem como patrocinadores

masters a Claro, café

Santa Clara e a Organização

das Nações Unidas para Educação,

a Ciência e a Cultura

(Unesco), Boulevard Shopping,

Sebrae, Alcatel, Sadia, Tramontina

e Cerpa. Tem como transportadora

oficial a Gol Linhas

Aéreas e a realizaçãoda Kayapó

Produções.