Belém ganha apoio na Saúde


Belém ganha apoio na Saúde

O Ministério da Saúde, em

parceria com a Organização Pan-Americana de

Saúde (Opas), vai contemplar o Centro de Testagem

e Acolhimento (CTA) da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) com

o Projeto Estratégico para

Apoio Técnico às Coordenações Estaduais e Municipais

para Reorganização dos

CTAs. Técnicos do Ministério

e da Opas visitaram a Sesma

na terça-feira, dia 4, e na

quarta-feira, dia 5, a fim de

vistoriar as instalações do

CTA e detalhar o projeto.

Uma vez participante do

Projeto do Ministério da

Saúde, o CTA será ampliado

através da contratação de

pessoal, melhorias nas instalações, ampliação dos serviços ofertados e aquisições

de novos equipamentos e

materiais de consumo.

Grasiela Araújo, representante da Opas, afirma que a

implementação do projeto

em Belém também ajudará

no planejamento de futuras melhorias. “Já vimos

que o CTA é uma iniciativa

que deu certo e é um dispositivo muito presente no

atendimento à população.

Com o projeto instalado, o

CTA funcionará também

como um observatório

para as iniciativas futuras.

Buscamos dar todo o apoio

administrativo e técnico para

melhorar o atendimento e

obter sucessos”, destacou.

O secretário municipal de

saúde, Sérgio Amorim,

reafirmou a importância

do projeto. “Com essa parceria, poderemos ampliar

a testagem e aumentar a

capacidade de diagnóstico,

além de atingir um público

maior. Mas, mesmo antes

de concluir a implantação

do projeto, há uma base de

ações que já poderemos

e faremos, tudo contando

com o apoio do Ministério

da Saúde”, frisou.

O CTA Belém atende as

necessidades de saúde

dos segmentos sociais

que, estatisticamente, têm

maiores riscos de infecção

do vírus HIV, ofertando a

esses testes de HIV, sífilis

e hepatites B e C, além de

encaminhando os usuários

diagnosticados para os

serviços de referência disponíveis no SUS.